Conectividade Lte Em Terminais De Auto-serviço De Encomenda

Conectividade Lte Em Terminais De Auto-serviço De Encomenda

RESUMO

O crescente mercado de comércio eletrônico e o ritmo crescente da vida cotidiana estão mudando a maneira como adquirimos mercadorias. De fato, de acordo com o Departamento de Comércio dos EUA, em 2019 as compras on-line superaram as compras de produtos na loja pela primeira vez na história. Essa enorme mudança no comportamento do consumidor coloca desafios logísticos significativos para a entrega de produtos. Algumas empresas estão oferecendo terminais de encomendas de autoatendimento que fornecem uma maneira conveniente de recuperar mercadorias compradas em um momento conveniente para o comprador.

DESAFIO

Esses terminais de entrega de encomendas self-service são sistemas complexos que consistem em vários locais de retirada. Os terminais são máquinas automatizadas com telas para interação humana e a capacidade de processar pagamentos em dinheiro e cartão. Por fim, tudo é controlado por software dedicado do servidor central, autorizando a coleta de encomendas e garantindo que o usuário obtenha suas mercadorias em vez das de outra pessoa. A principal funcionalidade que habilita esses terminais é uma conexão confiável à Internet. No entanto, a conectividade com fio via fibra ou DSL não pode oferecer 100% de tempo de atividade, o que é essencial para os operadores de terminal de encomendas self-service.

SOLUÇÃO

Todos os desafios de conectividade para este caso de uso podem ser solucionados com a instalação de um roteador celular industrial para fornecer conectividade primária ou de backup via 4G LTE. O RUT950 da Teltonika Networks é ideal para esta aplicação, pois está equipado com a funcionalidade Dual SIM, que oferece redundância automática adicional no caso de uma operadora GSM móvel falhar. O RUT950 está sendo conectado diretamente ao computador industrial que controla todo o Terminal de Autoatendimento e gerencia a conexão entre a WAN de backup com e sem fio. Quando o RUT950 detecta que a conectividade com a Internet via WAN com fio não está mais disponível, ele muda automaticamente para 4G LTE até que o serviço na WAN com fio seja restaurado. Dessa forma, o roteador usa apenas os dados móveis necessários, enquanto o serviço aos usuários do Terminal permanece inalterado.

Topology

LTE connectivity in Self-Service Parcel Terminals

BENEFÍCIOS

  • Fácil gerenciamento e controle - o RUT950 é compatível com o sistema Teltonika Remote Management, que é a melhor plataforma de monitoramento e controle, permitindo configuração e gerenciamento escaláveis ​​e diretos, mesmo sem IP público.
  • Conectividade adicional do dispositivo - Várias portas Ethernet permitem a conexão de dispositivos adicionais, como câmeras de CFTV, para monitoramento de segurança e anti-vandalismo.
  • A funcionalidade Wi-Fi suportando protocolos de segurança avançados permite que a equipe de manutenção local se conecte com segurança a todo o sistema sem fio e controle os parâmetros do sistema durante a entrega das encomendas ao terminal.

POR QUE Teltonika Networks?

Os terminais de entrega de encomendas self-service requerem hardware de conectividade industrial confiável, seguro e fácil de usar. Protocolos de rede, como Modbus, SNMP, MQTT e suporte a vários serviços VPN para segurança adicional de dados, fazem do RUT950 um dispositivo ideal para fornecer conectividade primária ou de backup aos terminais. O melhor de tudo é que o RUT950 é compatível com Teltonika RMS, o que significa que você pode monitorar e gerenciar convenientemente o roteador e os dispositivos conectados ao roteador desde qualquer lugar, mesmo sem IP público.